Se fugitivos do PCC voltarem ao Brasil, irão para prisão federal, diz Moro

-
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou na tarde deste domingo (19) que o governo federal trabalha junto a governos estaduais para impedir a entrada dos integrantes do PCC que fugiram de uma prisão do Paraguai.

“Estamos trabalhando junto com as forças estaduais para impedir a reentrada no Brasil dos criminosos que fugiram de prisão do Paraguai. Se voltarem ao Brasil, ganham passagem só de ida para presídio federal”, afirmou.

Mais cedo, a ministra da Justiça do Paraguai, Cecilia Pérez, colocou seu cargo à disposição do presidente, Mario Abdo Benítez, não tendo, porém, o pedido acatado – diretores, contudo, foram afastados.

A crise se instaurou por conta da fuga de 75 homens presos em Pedro Juan Caballero, acusados de integrar ou colaborar com o PCC. Segundo o Ministério da Justiça, dos 75 fugitivos, 40 são brasileiros.

(Bahia.ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui