Sobre polêmica do Atakarejo em SAJ, Délcio diz: “o gestor tem que tomar cuidado para que outras pessoas de forma terceirizada falem em nome do poder executivo, quem é o presidente do ConCidade é o prefeito”

Vereador Délcio Mascarenhas / Foto: Voz da Bahia

No programa Meio-Dia e Meia na Live do Voz da Bahia o vereador Délcio Mascarenhas (PSB) falou sobre a polêmica envolvendo a vinda do Atakarejo para Santo Antônio de Jesus.

Segundo edil, não há nada que impeça o empreendimento ser instalado na cidade, “se você vai impedir o Atakarejo você também vai impedir outros investimentos naquele local. Eu acho que o poder público não tem que enxergar dessa forma, o poder público tem que buscar junto com os empresários, com a empresa, com Atakarejo viabilidade para resolver, criar logísticas necessárias para que possa instalar ali, eu acho que os empresários que vão fazer um investimento desta natureza, naturalmente pode buscar uma parceria com o município e resolver a questão do tráfego do trânsito, fazer os estudos necessários que precisam ser feitos”, pontou.

O vereador Délcio ainda ressalta que quem fala em nome do ConCidade (Conselho da Cidade) é o prefeito municipal Genival Deolino (PSDB) já que o mesmo é presidente do conselho, “o prefeito tem que tomar muito cuidado para que outras pessoas de uma forma terceirizada falem em nome do Poder Executivo Municipal, por exemplo, quem representa a presidência do ConCidade é o prefeito, pois está prevista em lei municipal. Até 31 de dezembro o Presidente do Conselho Municipal era o prefeito Rogério Andrade,  a partir de 1º de Janeiro de 2021 é o prefeito Genival Deolino e ele precisa sobretudo publicar no Diário Oficial esse Conselho e como ficou a construção desse Conselho. A palavra final tem que ser de Genival”, declarou.

Reportagem: Voz da Bahia