Time da Inglaterra abandona partida por ofensas racistas

0
189
-
Foto: Reprodução/ Twitter

O futebol voltou a viver mais um caso de racismo. Um jogo válido pela quarta fase da Copa da Inglaterra foi interrompido após após o time da casa, Haringey Borough, da sétima divisão, abandonar o campo em protesto contra ofensas racistas da torcida do Yeovil Town, da quinta divisão, contra o goleiro Valery Pajetat.

Segundo os jogadores do Haringey, os torcedores visitantes começaram a atirar objetos no campo e ofender Pajetat com cânticos racistas no momento de um pênalti a favor do Yeovil. Após a cobrança ser convertida, os jogadores deixaram o campo em protesto.

- Anúncio -

A decisão da equipe contou com o apoio de Darren Sarll, técnico do Yeovil. 

“Falando pelo Yeovil Town, nós apoiamos completamente o Haringey. Os jogadores e eu decidimos apoiá-los e nos posicionar junto deles, para sermos mais fortes unidos. Ninguém deve sofrer discriminação ao vir a campo jogar futebol. Nós fazemos de tudo para vencer mas há certos níveis e limites que não podemos ultrapassar”, declarou.

O fato lamentável ocorre uma semana após a seleção da Inglaterra sofrer ofensas racistas de torcedores da Bulgária em um jogo das eliminatórias da Eurocopa. (BN)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui