Tite cogita deixar Seleção mesmo em caso de título e Renato é cotado, diz colunista

-
Tite foi o primeiro técnico a seguir na Seleção após uma Copa do Mundo desde Cláudio Coutinho, em 1978 Pedro Martins / MoWa Press

A permanência do técnico Tite na Seleção Brasileira não seria garantida, mesmo em caso de título da Copa América no domingo (7), segundo o jornalista Juca Kfouri, do UOL Esporte. De acordo com as informações, Renato Portaluppi, do Grêmio, seria um dos treinadores cotados para o cargo.

Tite estaria descontente com o desmanche pelo qual passará a comissão técnica. O coordenador de seleções, Edu Gaspar, vai para o Arsenal, enquanto o auxiliar Sylvinho e o analista de desempenho Fernando Lázaro vão para o Lyon, da França.

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, teria o plano de manter Tite no cargo até a Copa do Mundo do Catar, em 2022, mas já teria feito consultar para um eventual substituto: Renato e Mano Menezes seriam as principais alternativas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui