Três são atendidos em Feira de Santana sob suspeita de coronavírus, diz secretaria

Foto: Reprodução

Uma profissional de saúde de 31 anos que atuou no Carnaval de Salvador e uma mulher de 32 anos e um adolescente de 14, que chegaram recentemente da Itália, buscaram atendimento médico em Feira de Santana (distante 109 km de Salvador) após apresentarem sintomas semelhantes aos do coronavírus. A informação é da Secretaria Municipal de Saúde da cidade.

Com sinais como tosse, febre, coriza e desconforto respiratório, os três pacientes estão estáveis e foram submetidos a exames junto no Laboratório Central da Bahia (Lacen) e Instituto Osvaldo Cruz, em Salvador, referências para identificação e tratamento do coronavírus no estado.

A profissional de saúde que trabalhou no Carnaval foi atendida em um hospital particular de Feira de Santana e está isolada em casa. Os sintomas são considerados comuns em pessoas que trabalham ou participam de festas com grande aglomeração de pessoas, mas nesse caso, os médicos optaram por examiná-la devido ao fato de que, em sua atividade profissional, ela pode ter mantido contato com estrangeiros.

Já a mulher e o adolescente chegaram da Itália há 12 dias – ela mora em Milão. Ambos buscaram atendimento em uma policlínica de Feira. Eles foram medicados e estão isolados em uma área da unidade enquanto o resultado dos exames não sai. Atualmente, a Itália enfrenta surto de coronavírus. (A Tarde)