Universidades baianas criticam indefinição na nomeação de nova gestão da UFRB

0
48
-Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma nota conjunta, assinada por reitores de cinco instituições públicas de ensino superior da Bahia, foi divulgada nesta segunda-feira (15) em solidariedade quando a incerteza na nomeação da nova gestão da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) para o quadriênio 2019-2023. Os gestores defendem a “importância do reconhecimento da expressão legítima da vontade da comunidade da UFRB, expressa pela sua lista tríplice”, protocolada no MEC desde o dia 14 de março de 2019.

No documento, os reitores apontam que “desde o envio da lista tríplice para o MEC, a UFRB sofre contestações e denúncias junto ao MEC, ao Ministério Público e à Justiça Federal”. Eles salientam que “no quadro legal atual, o envio ao MEC de uma lista tríplice, que vem sendo respeitado até aqui pelo atual governo, deve continuar a ser respeitado também no caso da UFRB” e alegam que as denúncias atingem a integridade moral da UFRB e de seu Conselho Universitário, ameaçando a autonomia universitária e a convivência democrática.O documento reitera a legitimidade na escolha da nova gestão, defendendo “a indicação do nome mais votado no colégio eleitoral preservando a autonomia e a democracia interna da instituição. A vontade da maioria, sendo critério definidor do regime democrático, deve ser garantida permitindo a continuidade das missões que toda universidade carrega”. 

“Afirmamos a importância do reconhecimento da expressão legítima da vontade da comunidade da UFRB, expressa pela sua lista tríplice, esperando que o Ministério da Educação, em tempo hábil, garanta a estabilidade administrativa, acadêmica e política dessa instituição com a qual mantemos laços de fraternidade e respeito”, conclui a o documento.

Assinam a nota os gestores e gestoras da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e do Instituto Federal Baiano (IF Baiano). O mandato do atual reitor Sílvio Soglia foi finalizado no último dia 14 de julho. Sílvio será substituído interinamente, pela atual vice-reitora, até o dia 29 de julho quando também finaliza o seu mandato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui