Anitta desabafa após novo ‘boicote’ do Villa Mix: ‘Não precisa mais me chamar’; assista

Foto: Reprodução / InstagramAnitt

Após se apresentar no Festival Villa Mix neste domingo (30) em Goiânia, a cantora Anitta resolveu desabafar nas redes sociais ao saber do vazamento de um trecho do seu contrato em que diz que sua equipe não tinha autorizado a transmissão do seu show nas redes sociais do evento.

Inicialmente, a artista falou: “Olha só, meu show não foi transmitido não sei porque, não. Questão contratual nenhuma minha. Por mim está tudo certo, pode transmitir, pode filmar meu show, filmar minha galera. Está tudo certo na minha vida, segue aí”. Depois, ao tomar consciência da repercussão, ela atacou: “Eu detesto barraco, detesto fazer esse tipo de coisa (…). Existe, sim, essa cláusula no contrato. Assim como existe em outros contratos de outros artistas, que são de gravadoras. Porque as gravadoras detêm os nossos diretos de voz e imagem. Como que funciona o trâmite: o festival vai, manda e-mail para a gravadora, assim como fizeram com o Kevinho, e liberam a imagem”.

E continuou: “Então não falem que vocês não sabiam o trâmite. Vocês sabiam por que assim que o contrato foi assinado a gente avisou ‘agora para transmitir é só mandar um e-mail para a gravadora’ e vocês responderam ‘beleza’. Só que vocês não quiseram transmitir. Muda alguma coisa na minha vida? Bulhufas nenhuma. Vocês podem transmitir, vocês podem não transmitir, não vai mudar nada na minha vida. Como também não mudou o fato de eu não ter feito esse festival, até hoje, em toda a minha existência“.

Com ironia, ela pediu para não colocarem a culpa nela. “Não vem mentir e falar que a culpa foi minha. Não quis me transmitir, fala ‘não quisemos transmitir’. Não muda nada na vida de vocês, não muda nada na minha e todo mundo segue feliz. Não precisa mais me chamar, não precisa mais me ligar, não precisa falar comigo. Chega”, concluiu. Este não é o primeiro desentimento da carioca com a empresa Audio Mix, que é responsável por artistas como Jorge e Mateus e Alok.

ASSISTA:

por Júnior Moreira Bordalo – Bahia Notícias