Últimas Notícias sobre DESTAQUE

Foto: Divulgação/ TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou nesta sexta-feira (1º) que somente pessoas físicas que cadastrarem o CPF como chave Pix podem fazer doações para campanhas eleitorais deste ano.

Instagram/Reprodução

O influenciador Luva de Pedreiro foi entrevistado pelo jornalista Roberto Cabrini, para o Domingo Espetacular (Record TV). Durante a participação, Luva falou sobre sua relação com o ex-empresário, Allan Jesus.

Foto: Reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou uma nota nesta sexta (1°) afirmando que os casos de varíola dos macacos na Europa triplicaram nas duas últimas semanas. A OMS pediu uma ação “urgente e coordenada” contra proliferação da doença, visto que a região continua sendo o epicentro mundial.

Foto: Divulgação

Uma roça de maconha foi descoberta e dois homens foram presos, no povoado de Lagoa do Cru, na cidade de Quijingue, por militares do 5º Batalhão Polícia Militar (BPM) e policiais civis da Delegacia Territorial (DT) de Euclides da Cunha. As equipes chegaram até a zona rural após denúncia do cultivo dos entorpecentes.

O Governo da Bahia anunciou nesta sexta-feira (1º) que reduziu mais uma vez as bases de cálculo do ICMS (imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação) sobre combustíveis no estado.

Na manhã desta sexta-feira (1) falou durante participação no programa “Mais Você” de Ana Maria Braga, sobre quando conheceu o seu esposo, o oficial do Exército Lucas Souza.

A influenciadora digital Gkay, fez apelo a Lore Improta durante o “São João Thay”, para que o seu esposo, Léo Santana, diminuísse o valor do cachê do seu show para se apresentar na sua festa “Farofa da Gkay”.

A mãe do cantor Wesley Safadão, a empresária Maria Valmira Silva de Oliveira, usou as redes sociais para pedir orações para o sertanejo. 

Foto: Foto: Eduardo Beleske / PMPA

O número de mulheres que incluem o sobrenome do marido no casamento caiu mais de 90% na Bahia desde 2002, quando houve a publicação do Código Civil.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Defensoria Publica da Bahia (DPE/BA) emitiu uma recomendação para que seja alterado um ponto considerado racista na cartilha de conduta do aluno apresentado pelo Colégio Municipal da Polícia Militar Dr João Paim, onde em março uma aluna foi impedida de entrar na sala de aula por causa do cabelo, no município de São Sebastião do Passé (relembre aqui).

Close