Após morte de policiais e suspeitos, PM desmente boatos de toque de recolher na região de Cajazeiras

Foto: Reprodução Instagram @3cipmba

Mensagens sobre um suposto toque de recolher na região de Cajazeiras começaram a circular nas redes sociais após a morte dos três policiais militares durante o final de semana no bairro e a posterior morte de dois suspeitos de cometer o crime.

A 3ª CIPM (Cajazeiras) emitiu comunicado em suas redes sociais para dizer que as mensagens sobre toque de recolher não procedem e tem o intuito de espalhar o terror. “Informamos à comunidade de Cajazeiras que estão circulando mensagens inverídicas nas redes sociais com o intuito de causar pânico, terror e incitar a violência”, diz trecho do comunicado.

A corporação afirma que o policiamento segue reforçado. “A Polícia Militar está nas ruas e o policiamento em Águas Claras e toda Cajazeiras segue reforçado, inclusive com suporte das unidades especializadas”, completa.

Investigações – Por meio de nota, a Polícia Civil informou que a Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM) iniciou as investigações e que já ouviu algumas pessoas. “Algumas pessoas já foram ouvidas, possíveis imagens de câmeras de monitoramento da região estão sendo buscadas e diligências estão sendo realizadas, com o objetivo de identificar e prender os suspeitos. Equipes dos Núcleos de Inteligência e de Operações, da DH/Central reforçam as ações do DHPP”, diz a nota. (Metro1)