Ataque desencanta e Vitória vence o Confiança no Barradão

Gabriel Santiago comemora ao abrir o placar contra o Confiança, no Barradão (Foto: Pietro Carpi / ECV)

Um Vitória efetivo como nunca antes nesta temporada. O torcedor rubro-negro viu o time do coração chutar contra a meta do Confiança apenas três vezes no primeiro tempo, mas comemorou após cada uma delas. Gabriel Santiago abriu o placar e Rafinha, na estreia como titular, anotou os outros dois tentos do triunfo por 3×0 deste domingo (22), no Barradão. No segundo tempo, o Leão administrou o resultado e ainda teve chance de ampliar.

No duelo dos desesperados, melhor para o Vitória. Após dois tropeços, o time comandado por Fabiano Soares entrou em campo com nove mudanças e tirou a corda do pescoço. Apenas o goleiro Lucas Arcanjo e o meia Dionísio foram mantidos entre os titulares.

Com o resultado, o rubro-negro deixou a zona de rebaixamento da Série C do Brasileiro. Somou sete pontos, subiu duas posições na tabela e agora está na 16ª colocação. Já o Confiança se afundou ainda mais no Z4. A equipe sergipana caiu uma posição e agora ocupa o 18º lugar, com cinco pontos. 

O Vitória terá a semana inteira para treinar, pois só volta a entrar em campo no sábado (28), quando visita o Campinense, às 17h, no estádio Amigão, em Campina Grande. No mesmo dia, só que às 18h, o Confiança recebe a Aparecidense, no estádio Batistão, em Aracaju.   

Ataque desencantou

O jogo começou truncado. As muitas faltas e passes errados exigiram bastante paciência da torcida. O primeiro chute a gol do espetáculo só aconteceu após 23 minutos de bola rolando. Para os rubro-negros, valeu a espera. Sánchez cruzou, a bola desviou e Gabriel Santiago, de primeira, estufou a rede: 1×0.

A galera da arquibancada ainda estava vibrando quando o Vitória deu novo motivo para a festa. Aos 27 minutos, Alemão cruzou e Rafinha, de cabeça, ampliou: 2×0. Mesmo estando atrás no placar, o Confiança não conseguiu esboçar uma reação e seguiu até o final da primeira etapa sem chutar contra a meta rubro-negra. 

Já o Vitória ainda teve tempo de comemorar mais um tento. Aos 45 minutos, Eduardo deu bom passe em profundidade para Roberto. Ele cruzou da direita, Nirley não conseguiu cortar bem e a redonda sobrou limpa para Rafinha, que bateu de primeira e acertou o canto: 3×0 no placar e festa no Barradão.   

No segundo tempo, o Vitória administrou bem o resultado e ainda teve chance de marcar o quarto. Rafinha chutou e o goleiro Paulo Gianezini defendeu com o pé. A bola ainda assim seguiu na direção do gol e tinha endereço certo, mas a zaga do Confiança tirou em cima da linha. Antes, a equipe sergipana havia investido com Baggio, mas Lucas Arcanjo dividiu e evitou o gol rival. Gorne também tentou a arriscar de fora da área, mas mandou por cima do travessão. Nos acréscimos, a equipe visitante quase marcou o gol de honra após falha de Lucas Arcanjo, mas Alemão salvou.

FICHA TÉCNICA 

Vitória 3×0 Confiança – 7ª rodada da Série C do Brasileiro

Vitória: Lucas Arcanjo, Alemão, Alan Santos (Danilo Cardoso), Marco Antônio e Guilherme Lazaroni (Sánchez); Léo Gomes, Dionísio, Eduardo (João Pedro) e Gabriel Santiago (Tréllez); Rafinha (Alisson Santos) e Roberto. Técnico: Fabiano Soares. 

Confiança: Paulo Gianezini, Cascardo, Raphael, Nirley (Adryan) e Rai; Bruno Camilo, Parrudo (Gorne), Matheuzinho (Adauto) e Ítalo (Marquinhos); Baggio e Pedro Oliveira (Tatavitto). Técnico: Felipe Loureiro. 

Local: Barradão
Gols: Gabriel Santiago, aos 23 minutos, e Rafinha, aos 27 e aos 45, do 1º tempo
Cartões amarelo: Léo Gomes, Eduardo, Nirley, Sánchez, Alemão e Lucas Arcanjo
Público: 5.026
Renda: R$ 67.601,50
Arbitragem: Rafael Rodrigo Klein, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Maíra Mastella Moreira.