Brasileiro precisa trabalhar 149 dias só para pagar impostos

Foto: Fotos Públicas

Um levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) indica que o brasileiro terá que trabalhar 149 dias em 2022 somente para pagar impostos.

O cálculo é feito com base em impostos, tributos e taxas cobrados pelos governos federal, estaduais e municipais neste ano, entre eles ICMS, ISS, Cofins, PIS, IPVA, IPTU e INSS, FGTS, além do Imposto de Renda.

Ao todo, os 149 dias, que se encerram no próximo dia 29 de maio, representam 40,82% da renda bruta de quem recebe em média R$ 2,7 mil.

Para quem recebe até R$ 3 mil, são necessários 141 dias de trabalho, o que consome 38,63% da renda bruta. Trabalhadores com renda mensal entre R$ 3 mil e R$ 10 mil precisarão trabalhar 157 dias e os impostos correspondem a 43,01% da renda.

Já quem recebe mais de R$ 10 mil terão que trabalhar 150 dias no ano e terão 41,09% da renda dedicada a impostos.

Em 1986, eram necessários 82 dias, em média, para pagar os impostos. Em 2000 o período subiu para 121 dias, em média. (bahia.ba)