Câmara de Salvador aprova projeto de Lei que veta contratação de artistas que incitem violência

-
Foto: Antonio Queirós

Os vereadores de Salvador aprovaram nesta quarta-feira (8), um Projeto de Lei que prevê restrições para contratação de artistas pela gestão municipal ao proibir que aqueles “que fazem apologia ou incitem a violência em suas apresentações, que sejam contra a mulher, incluindo também o incentivo ao trabalho escravo e toda forma de violência”, não sejam contratados ou recebam patrocínio direto ou indireto do poder público municipal.

Autor do projeto, o presidente da Câmara de Salvador, vereador Geraldo Júnior (SD), alegou que uma legislação municipal com esse cunho será capaz de coibir que artistas se utilizem de dinheiro público em suas apresentações para incitar a violência e fazer apologia ao crime, bem como instigar o público contra as forças de segurança em suas apresentações, é de extrema importância para a cidade. (Bahia Noticias)