Comércio físico registra alta de 2,3% nas vendas do Dia das Crianças

O comércio físico no brasileiro teve crescimento nas vendas de 2,3% na semana anterior à comemoração do Dia das Crianças. No final de semana deste período, a expensão ficou apenas em 1,1%, de acordo com dados da Serasa Experian. A instituição avalia que o resultado foi influenciado pela baixa base de comparação, o ano passado, em decorrência das restrições impostas pelo combate ao novo coronavírus.

“O tombo do ano anterior, marcado pelas restrições de funcionamento do varejo devido a pandemia no país, fez com que o crescimento de 2,3% significasse apenas uma recuperação parcial da atividade do comércio”, pondera o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

A recuperação no Dia das Crianças foi menor do que os números de datas semelhantes, como o dia dos Namorados (13,7%), dos Pais (6,2%) e das Mães (6%). Para o economista, a instabilidade causada pelos aumentos da inflação e dos juros e a redução dos auxílios limitaram a retomada agora em outubro. (Bahia.ba)