Últimas Notícias sobre CULTURA

Foto: Divulgação

A ialorixá Ya Ivone Maria denunciou que a filha de santo dela, Júlia Almeida Lima, de 13 anos, foi impedida de entrar na Escola Municipal Arx Tourinho, que fica na Ceasa, em Salvador, por está vestida com roupas ligadas à sua religião, o candomblé.

Foto: Divulgação

O livro “O Alquimista”, do escritor brasileiro Paulo Coelho, vai virar filme. Com estreia prevista para o final de 2022, o longa será produzido por um dos maiores astros de Hollywood, o ator Will Smith.

O projeto Mandando a Letra, que tem como público-alvo alunos matriculados no 9◦ ano do ensino fundamental das escolas públicas municipais no ano letivo de 2021, tem como objetivo estimular os estudantes a pensar sobre o território de Santo Antônio de Jesus e contribuir para a construção do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU), através de temas chave como: A SAJ que eu quero; Um olhar sobre SAJ; O que é ser santoantoniense. As inscrições para o concurso tiveram início no dia 15/06 e serão aceitas até às 23:59 do dia 23/07.

Com lançamento marcado para o dia 6 de agosto, “O Menino de Asas Invisíveis” narra as aventuras de Hadouk, um menino negro em busca da própria história

Foto: Divulgação

O Dia da Independência do Brasil na Bahia, a ser celebrado na sexta-feira (2), traz em 2021 o tema “A Chama da Esperança” e voltará a acontecer sem o tradicional desfile cívico e sem as apresentações de grupos folclóricos ou culturais, por conta das restrições impostas pela pandemia da Covid-19. Assim como no ano passado, haverá atos comemorativos simbólicos no Largo da Lapinha, com acesso restrito apenas a autoridades e imprensa.

Foto: reprodução

O Ministério Público do Trabalho deu início nesta terça-feira (1ª) à campanha criada para defender a erradicação do trabalho infantil no Brasil.

Ao completar 141 anos de sua emancipação política, a “Capital do Recôncavo” ganha o filme documentário intitulado “Marco Zero Santo Antônio de Jesus” (30 minutos), dirigido pelo cineasta Tau Tourinho, que faz um apanhado histórico do processo de povoação do território onde futuramente surgiria o núcleo urbano inicial de Santo Antônio de Jesus. Desde que … continue

Foto:

O Ministério da Justiça e Segurança Pública lançou, hoje (25), uma campanha para coletar, voluntariamente, material genético de parentes de pessoas desaparecidas em todo o país. O objetivo é abastecer o Banco Nacional de Perfis Genéticos e, por meio de exames biológicos, auxiliar na eventual identificação de desaparecidos.

Banho de São João. Fotos: Renê Carneiro, Prefeitura de Corumbá

O Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, órgão colegiado do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), reconheceu, por unanimidade, o Banho de São João de Corumbá e Ladário (MS) como Patrimônio Cultural do Brasil, sendo inscrito no Livro de Registro das Celebrações. A festividade congrega o culto a São João Batista e ao orixá Xangô e reúne a população com fé e alegria. Com o reconhecimento, o Banho de São João passa a ser acautelado pelo Iphan, que atuará na salvaguarda da festa, coordenando a execução de políticas públicas para a reprodução e sustentabilidade da manifestação.

Coordenadora geral da Casa Akotirene, Joice Marques denuncia que, após a abolição, os avanços sociais foram poucos, comparados aos danos provocados pela escravidão - (crédito: Carlos Vieira/CB/D.A Press)

Uma luta que tem cor, raça e endereço. Por séculos a população afro-brasileira tem buscado condições dignas de viver em sociedade e, mesmo com alguns direitos conquistados, está longe do ideal. Após 133 anos da abolição da escravidão, em 13 de maio de 1888, o retrato que se vê dos negros no Brasil é cruel, com altos índices de violência e desemprego. De acordo com dados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), em 2018, dos 2.881.854 habitantes do DF, 1.659.995 se declararam negros (57,6%). A maioria vive em regiões periféricas e de baixa renda.

Close