Deltan é punido por dizer que STF tem ‘panelinha’ da impunidade

0
50
-
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu, hoje (26), pela aplicação de uma advertência ao procurador da República Deltan Dallagnol no processo em que o coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba questiona decisões tomadas por ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha, a decisão foi tomada com 9 votos favoráveis à punição e três contrários.

Em entrevista à rádio CBN, em agosto do ano passado, Deltan afirmou que ministros do Supremo muitas vezes agem em “panelinha” e que passam uma mensagem de leniência a favor da corrupção em algumas de suas decisões. O caso consta em um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) aberto em abril pelo presidente do STF, ministro Dias Toffoli. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui