Em palestra, ator Denzel Washington aconselha vida de oração: ‘Fique de joelhos’

Foto: Reprodução

Denzel Washington fez uma palestra recentemente em uma Igreja Batista e afirmou que ouviu de Deus um chamado para cuidar de pessoas, e aproveitou para estimular a plateia a uma vida de oração.

O ator de 66 anos participou do evento “The Better Man” na Primeira Igreja Batista de Orlando, na Flórida (EUA) e disse em suas orações tem sentido Deus falar com ele para se dedicar a cuidar do rebanho.

“Aos 66, me preparando para ter 67, acabei de enterrar minha mãe, fiz uma promessa a ela e a Deus, não apenas de fazer o bem da maneira certa, mas de honrar minha mãe e meu pai pela maneira como vivo minha vida, o resto dos meus dias nesta Terra. Estou aqui para servir, ajudar, prover”, declarou o ator durante a conferência de homens cristãos.

Denzel interagiu com seu seu mentor espiritual, o pastor AR Bernard, líder do Centro Cultural Cristão no Brooklyn, em Nova York, durante cerca de 30 minutos no evento voltado a homens cristãos.

“Em cada oração, tudo que eu ouço é ‘apascenta minhas ovelhas’ É isso que Deus quer que eu faça”, disse, acrescentando que na maioria das vezes, responde: “O que isso significa?. O que descobri nos últimos dois anos é que existem todos os tipos de ovelhas. É por isso que converso com pastores experientes para ajudar a me guiar”, relatou.

O veterano e premiado ator pontuou que, diante das circunstâncias atuais, é preciso saber como lidar com os desafios: “O mundo mudou. Qual é o nosso papel como homem? A fórmula de John Wayne não se encaixa bem agora. Mas força, liderança, poder, autoridade, orientação, paciência são um presente de Deus para nós como homens. Temos que cuidar disso, não abusar”, aconselhou.

Escolhas de vida

À plateia, Denzel enfatizou que, apesar de seus personagens redentores na tela, ele precisou enfrentar dificuldades pessoais resultantes de sua escolha de viver para Deus, segundo informações do portal The Christian Post.

“O que eu interpretei nos filmes não é quem eu sou, é o que eu atuei. Não vou sentar ou ficar em pé em nenhum pedestal e dizer o que tenho em mente para você ou sua alma. Porque a verdade é que, em todo o processo de 40 anos, eu estava lutando pela minha própria alma”, testemunhou.

“[A Bíblia] diz que nos últimos dias nos tornaremos amantes de nós mesmos. A fotografia número um agora é uma selfie. Portanto, todos nós queremos liderar. Estamos dispostos a fazer qualquer coisa – mulheres e jovens – para ser influentes… A fama é um monstro e todos nós temos essas escadas e batalhas, caminhos que temos que trilhar em nossas vidas. Seja você famoso ou quem está por aí ouvindo, todos nós temos nossos desafios individuais. É clichê, [mas] o dinheiro não o torna melhor. A fama apenas amplia os problemas e as oportunidades”, alertou Denzel Washington.

Ao final, ele incentivou os homens que o ouviam à oração: “Fique de joelhos. Observe-me, mas ouça a Deus. Espero que as palavras na minha boca e a meditação do meu coração sejam agradáveis aos olhos de Deus, mas sou humano. Sou exatamente como você. O que eu tenho não vai me manter nesta Terra por mais um dia. Compartilhe o que você sabe, inspire quem você puder, busque conselhos. Se você quiser falar com alguém, fale com Aquele que pode fazer algo a respeito. Desenvolva constantemente esses hábitos”.