Em Pituaçu, Bahia enfrenta o Inter com objetivo de manter boa fase

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Após se garantir nas oitavas da Copa do Brasil, o Bahia volta a focar no Campeonato Brasileiro. O Esquadrão de Aço entra em campo na noite deste domingo (13), às 20h30, para enfrentar o Internacional no estádio de Pituaçu. Vencer e se manter na parte de cima é a grande missão dos comandados de Dado Cavalcanti.

De volta para a meta do Esquadrão de Aço, o goleiro Matheus Teixeira minimizou a fase ruim que o adversário vive. Para ele, é preciso atenção para não cometer erros.

“Não tem jogo fácil no Brasileiro e em nenhuma outra competição. Independente do momento que o Inter vive, é uma grande equipe. A gente não pode vacilar. E sim aproveitar o momento dentro do campo. Independente do exterior, contra ou a favor, temos que fazer o nosso trabalho”, disse.

Para este jogo, o Tricolor vai ter o zagueiro Juninho e o meia Daniel, que receberam o efeito suspensivo do STJD. Nino Paraíba também recebeu o mesmo benefício, no entanto, ele segue se recuperando de lesão.

INTERNACIONAL

Em um momento conturbado após a eliminação da Copa do Brasil e a demissão de Miguel Ángel Ramírez, o Internacional busca juntar os cacos e se recuperar em Salvador. Neste jogo, o Colorado será treinado por Osmar Loss.

Com sintomas gripais, o goleiro Marcelo Lomba e o lateral Saravia estão fora. Já Boschilia foi poupado para fazer trabalhos de reforço na recuperação de sua lesão no joelho. Já Moisés, ex-Bahia, não pode jogar por questões contratuais.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Internacional
Campeonato Brasileiro – 3ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 13/06/2021 (domingo)
Horário: 20h30
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Michael Correia e Daniel do Espirito Santo Parro (ambos do RJ)
VAR: Marcio Henrique de Gois (SP)
 

Bahia: Matheus Teixeira; Renan Guedes, Conti, Luiz Otávio (Juninho) e Matheus Bahia; Patrick, Thaciano e Daniel; Rossi, Rodriguinho e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.


Internacional: Daniel; Heitor, Lucas Ribeiro, Cuesta e Léo Borges; Johnny, Edenilson, Patrick e Taison; Yuri Alberto e Thiago Galhardo. Técnico: Osmar Loss. (BN)