Facebook remove mais de 140 mil posts no Brasil por violarem políticas contra interferência eleitoral

-
Foto: Divulgação

O Facebook divulgou hoje (23) que removeu mais de 140 mil conteúdos que violavam políticas contra interferência eleitoral na rede social e no Instagram durante a campanha do 1º turno das eleições municipais. A informação é do site G1.

Segundo a empresa, as postagens continham “informações que poderiam desencorajar eleitores de irem votar, como por exemplo o horário errado de abertura das urnas”.

No mesmo período foram rejeitadas 250 mil submissões de anúncios (conteúdos impulsionados) sobre política ou eleições que não continham o rótulo “Propaganda Eleitoral” ou “Pago por”, direcionadas a pessoas no Brasil. (Metro1)