Valença: Homem é preso em clínica suspeito de trabalhar como cirurgião-dentista sem ser formado em odontologia

Os fiscais do Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA), em parceria com a Polícia Civil, foram apurar denúncias sobre o exercício ilegal da profissão e efetuaram a prisão em flagrante de um homem ,  nesta terça-feira (14). Ele estava exercendo ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista em Clínica no município de Valença.

No momento da autuação, os fiscais constataram que o homem não tem a devida formação Acadêmica em Odontologia e consequentemente não possui registro profissional. Quando questionado sobre o atendimento, o mesmo afirmou apenas fazer procedimentos de limpeza.

Segundo o Coordenador de Fiscalização do CRO-BA, Dr. Érico Brito, o falso dentista deve responder pelo exercício ilegal da profissão de odontologia e se condenado pode pegar de seis meses a dois anos de prisão.

Eduardo foi conduzido para Delegacia de Policia Civil do município, onde foi registrado o caso. (Informações Metro1)