Força tarefa para reduzir fila do INSS terá 9.500 servidores

-
Foto : Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O governo subiu para 9.500 o contingente de servidores a serem contratados temporariamente para  ajudar a reduzir a fila de benefícios do INSS. Cerca de 8 mil vagas serão destinadas a militares da reserva das Forças Armadas e funcionários públicos aposentados de diversos órgãos e mais 1.500 somente para funcionários aposentados do INSS.

No caso da contratação de servidores aposentados, eles vão se dedicar exclusivamente à análise de processos. Os demais vão atuar no atendimento aos segurados e em atividades de apoio operacional. Os contratos terão vigência de um ano, podendo ser prorrogado por mais um ano.

O edital de convocação deverá ser lançado assim que for editada a medida provisória (MP) que vai permitir o retorno de servidores civis aposentados. Para os militares, essa possibilidade já existe. A MP deve ser assinada pelo presidente Jair Bolsonaro até quarta-feira (19). Os termos da proposta foram fechados com a equipe econômica na última sexta-feira (14). (Metro1)