Governo ainda não indicou novo nome para presidir Anatel

Foto: Divulgação/Anatel

Sem ouvidor há mais de um ano, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) está prestes a ter uma cadeira vaga em seu conselho diretor. O mandato do atual presidente, Leonardo Euler de Morais, acaba no dia 4 de novembro. A informação é de coluna de Lauro Jardim, do jornal Globo.

Segundo a publicação, o governo ainda não indicou substituto. No caso do ouvidor, Luciano Godoi Martins foi aprovado pela Comissão de Infraestrutura do Senado em julho, mas aguarda votação de seu nome pelo plenário da Casa. (BN)