Governo vai consultar economista que criou Bolsa Família na gestão Lula

-Foto: Reprodução/Agência Brasil
Foto: Reprodução/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro decidiu consultar o economista Ricardo Paes de Barros, um dos criadores do programa Bolsa Família no mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O governo tenta reduzir as críticas à área social.

Entre as propostas em análise está a concessão de um adicional de 6,81 reais por mês para cada uma das 13,8 milhões de famílias beneficiadas pelo programa. Atualmente o benefício para uma família em extrema pobreza é de 89 reais por mês. O aumento seria possível com uma folga no orçamento, que viria a partir do fim da desoneração de produtos da cesta básica.

O programa tem impacto na renda de cerca de 43 milhões de pessoas nas estimativas oficiais. A preocupação com a agenda social aumentou diante do temor do “efeito Chile”, o primeiro de uma onda de protestos que se espalharam pela América Latina. (Bahia.Ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui