Maracás: Acusado de estuprar criança é procurado; prima gravou vídeo para denunciar

Foto: Reprodução / Blog do Marcos Frahm

Policiais procuram ainda nesta segunda-feira (1°) um homem acusado de estuprar uma menina de dez anos em Maracás, no Vale do Jiquiriçá. Segundo a delegada Viviane Rosa de Alcântara, titular da delegacia local, a Justiça já autorizou a prisão preventiva do acusado, que trabalha como pedreiro. O vídeo passou a circular a partir da terça-feira (23). Já o fato ocorreu cerca de dez dias antes. D

De acordo com a delegada, que apura o caso, o fato só foi descoberto porque uma prima da vítima, de 11 anos, conseguiu filmar a cena escondida. “As duas foram até a casa do acusado buscar uma água. A menina de dez anos demorou para sair, o que fez a prima entrar na casa sem ser percebida e fazer o vídeo. Ela passou o vídeo para uma pessoa adulta que encaminhou ao Conselho Tutelar. Foi quando nós ficamos sabendo do caso”, narra a delegada.

O acusado era vizinho e conhecido dos pais da criança. Há relato de que a aproximação com a vítima se dava por agrados, como levá-la a uma pizzaria, por exemplo. Ainda segundo a delegada, o acusado já responde na Justiça por um caso semelhante. Em 2014, ele foi acusado de tentar abusar sexualmente de uma enteada, de 12 anos.

No caso recente, a polícia também abriu um inquérito na mesma delegacia para apurar a divulgação do vídeo pela internet. A delegada informou ao BN que já pediu exames de corpo de delito na criança como parte das investigações do crime.