Ministério da Saúde diz que haverá compensação gradual de vacinas não enviadas à Bahia

Foto: Camila Souza/GOVBA

Após reclamação do governador Rui Costa (PT), que prometeu ir à Justiça por mais de 900 mil doses que a Bahia deixou de receber, o Ministério da Saúde afirmou que haverá “uma compensação gradual dos quantitativos de vacinas enviados de modo complementar”. A pasta não especificou prazos.

Em nota enviada ao Metro1, o Ministério diz que “todos os estados deverão finalizar o processo de imunização sem que haja benefícios ou prejuízos a suas respectivas populações”. Nesta semana, foram entregues 455,4 mil doses de vacinas contra a Covid-19 no estado. 

Ainda assim, de acordo com o governador Rui Costa e demais governadores do Nordeste, a distribuição de doses das vacinas feita pelo Ministério é desproporcional à população dos estados da região. 

“É uma perseguição odiosa com o povo nordestino e baiano. Vamos acelerar a judicialização dessa questão para que o Ministério da Saúde corrija este equívoco”, afirmou. (Metro1)