Últimas Notícias sobre Ministério da Saúde

Foto: Divulgação/ Karla Santos/Sesa

A Carteira para Pessoas com Fibromialgia será lançada nesta segunda-feira (26), pela Prefeitura de Salvador, pelo Ministério da Saúde. O evento será realizado às 14h, na Escola de Saúde Pública de Salvador no bairro do Comércio e contará com a presença da Associação de Pessoas com Fibromialgia de Salvador- AFIBS.

Foto: Arquivo / MDS

Infecções pelo vírus Linfotrópico de Células T Humanas (HTLV) em gestantes, parturientes, puérperas e crianças expostas ao risco de transmissão vertical passaram a ser de notificação compulsória no Brasil. Isso significa que profissionais de saúde de serviços público e privado devem comunicar obrigatoriamente os casos ao Ministério da Saúde.

Aspirina e AAS não devem ser usados por pacientes que estão com dengue

O Brasil vive uma explosão de casos de dengue, segundo dados divulgados na quinta-feira (15) pelo Ministério da Saúde. Desde o início do ano, já foram registrados 532.921 prováveis casos e 90 mortes por dengue – sendo 2 na Bahia. Não há um medicamento específico para o tratamento da doença e o uso de substâncias equivocadas pode agravar o problema de saúde.

Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

O Ministério da Saúde liberou, nesta segunda-feira (12), cerca de R$ 17 bilhões em recursos não utilizados durante a pandemia de covid-19 para ações de custeio e de investimentos na saúde em todo o país. Os valores deverão ser utilizados até 31 de dezembro deste ano.

Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde quer começar a distribuir a vacina da dengue a partir da segunda semana de fevereiro. O cronograma do governo prevê o envio às 521 cidades com alto índice da doença. A informação foi dada nesta terça-feira (30) pela ministra da Saúde, Nísia Trindade, em reunião de emergência com o Distrito Federal e sete cidades do Entorno. “Ainda não começamos a distribuição porque estamos atendendo uma regulação técnica da Anvisa. Assim que tivermos ela pronta, começamos a distribuição”, informou Nísia.

Foto: Fabio Rodriguez-Pozzebom / Agência Brasil

Em 2023, o Ministério da Saúde descartou cerca de R$ 1,2 bilhão em produtos vencidos. Para evitar que a situação se repita um ano depois, a pasta tem estudado novas formas de preservar e monitorar medicamentos e vacinas. O ministério também registrou perdas de R$ 150 milhões em medicamentos do chamado “kit intubação”, composto por … continue

Foto: Fabio Rodriguez-Pozzebom / Agência Brasil

A decisão de incorporar a vacina Qdenga, contra a dengue, ao Sistema Único de Saúde (SUS), foi anunciada pelo Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (21). “O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público universal”, destaca a pasta.

No mês em que celebra 14 anos de inauguração, o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) representou o estado nacionalmente, em Brasília, com as melhores práticas do projeto ‘Lean nas Emergências’. Implementado pelo Hospital Sírio-Libanês, o projeto do Ministério da Saúde faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS).

Joilson Cesar/BNews

Diante de uma nova onda de calor e altas temperaturas que, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), afetam principalmente as regiões Norte, Sudeste e Centro-Oeste do país, o Ministério da Saúde reforçou uma série de cuidados para a população enfrentar este período. A pasta também disponibilizou uma página especial com mais recomendações.

O Ministério da Saúde informou que adultos saudáveis e com o esquema completo de vacinação contra a Covid-19 não precisarão receber nova dose em 2024. O órgão afirma que não há comprovação científica de que essa população necessite ser imunizada no próximo ano.

Close