Na tribuna da Câmara, morador reclama da saúde em SAJ: “a esposa de um ex-vereador está passando por isso agora, sentimos na pele há muito tempo”

Câmara de Vereadores de Santo Antônio de Jesus / Foto: Reprodução

Um morador da cidade de Santo Antônio de Jesus, conhecido como José Carlos Nunes usou a tribuna livre da sessão da Câmara de Vereadores desta segunda-feira (2), para denunciar uma situação grave de atendimento da saúde pública na cidade.

José afirmou durante a sessão, que teve dificuldades para marcar exames e consultas na Central de Regulação na gestão passada e também na atual, “na administração anterior necessitei de uma receita para comprar uma medicação e me dirigi a Central de Regulação, o atendente perguntou se aceitaria que o pai dele que era vereador fosse na minha casa. Falei que não o receberia, pois, não havia ido à central para isso, e ele me pediu para esperar. Fiquei aguardando e achei convite de um pessoal de Serrinha fui lá e fiz a consulta e adquiri a receita. Aí resolvemos mudar porque estávamos sofrendo demais, sendo pisados, apesar de que no início da última gestão o começo foi bom, mas o final foi que desandou. Essa administração de Genival dois meses depois desandou”, falou.

Agenda de marcações:

José Carlos criticou também a retirada da agenda de marcações, que segundo ele, foi removida pela Secretaria de Saúde da cidade, “em todas as gestões sempre houve uma agenda informando os exames que estavam marcando e os dias correspondentes. Essa gestão tirou essa agenda, e temos que ir todos os dias duas horas da manhã para a Central de Regulação, para quando dá 7h30 os funcionários saem avisando que não marca tal exame hoje, para vir no dia seguinte. Conversei com o secretário de saúde Dr. Leonel Cafezeiro e a Ouvidoria e me falaram que não vai mudar. Conversei com o vice-prefeito Careca e não me deu importância. Falei com alguns vereadores que estão aqui presentes, não ligaram e necessitamos dessa agenda para que nós não fiquemos todos os dias na Central exposto ao relento, assaltos, jogados, para que chegue alguém de manha falando que não vai marcar naquele dia. Estou me dirigindo a Câmara de Vereadores para que tomem alguma providência com o prefeito e secretário. Me chamaram para fazer uma manifestação, mas prefiro não fazer aglomeração, pois, sou do grupo de risco da pandemia, mas caso necessite, vamos”, explicou.

Abaixo-assinado:

José falou também que tanto o ex-secretário de saúde Leandro Lobo, quanto o atual Leonel Cafezeiro, não estão se comprometendo a melhorar a saúde pública da cidade, “tenho um abaixo-assinado desde 2018 com 110 assinaturas correndo atrás para que a cidade possa marcar 10 sessões de fisioterapia. Os municípios menores que Santo Antônio de Jesus fazem 10 sessões, nós só fazemos 5. Se um médico faz uma requisição de 50 sessões, a Central só marca 5. Falamos com o ex-secretário Leandro Lobo ao qual disse que iria fazer, mas não resolveu, procuramos a Defensoria, Ouvidoria, ele se comprometeu e disse que em 2020 iria realizar e não fez. Neste ano, convocamos o secretário Dr. Leonel por ofício e não fomos atendidos, marquei presença na Secretaria de Saúde e ele não deu importância e só quando falei que tinha um abaixo-assinado ele me atendeu. Ele ficou estarrecido após saber que só marcam 5 sessões, trabalhamos com ele, ficando com 10 sessões. Ele falou que iria prontificar, mas quando vamos à Central, continuam marcando as 5 sessões”, esclareceu.

Cobrança ao plano de governo:

O cidadão concluiu pedindo ao prefeito Genival Deolino, que cumpra seu plano de governo, pois, a administração estaria dormindo, “tinha requisições de 2 anos da gestão passada, algumas consegui marcar no início, outras não, inclusive a enfermeira no meu posto de saúde teve que renovar uma requisição de tão velha que estava. Como se diz na Bíblia, que dos 10 mandamentos a gente se resume em 2 que são: ‘amar a Deus sobre todas as coisa e ao próximo como a nós mesmos’, vou resumir às duas coisas que quero do plano de governo atual que não fizeram ainda: ‘ampliar, modernizar e informatizar a Central de Regulação funcionando em rede com a Estadual, junto aos postos de saúde, e ampliar o número de consultas e procedimentos especializados realizados pela Policlínica Municipal através da contração de mais profissionais e novas especialidades. É isso que estamos querendo, que vocês vereadores peçam para a prefeitura que eles cumpram esses dois pontos do plano de governo, vamos ficar satisfeitos, aplaudir o prefeito e sua gestão que está uma vergonha. O prefeito e secretário estão dormindo. Procurei a Ouvidoria, o secretário, o vice-prefeito, vereadores, não me deram muita atenção. Peço que pelo amor de Cristo, a esposa do ex-vereador Marcos Muniz, Chispita está passando por essa situação agora (reveja aqui), mas estamos sentido na pele há muito tempo. Façam um favor a comunidade, pelo município, procurem o prefeito e o secretário para que eles se curvassem e atendem o município de Santo Antônio de Jesus, que é quem paga o salário de todos”, concluiu.

Redação: Voz da Bahia