No Japão, Bolsonaro comemora aprovação da Previdência e ironiza críticas

0
66
-
Foto : José Dias/PR

O presidente Jair Bolsonaro comemorou a aprovação da reforma da Previdência no Senado e ironizou as críticas sobre a articulação política do governo. O texto foi aprovado ontem (22) com o apoio de 60 senadores no segundo turno e 19 votos contrários. Na primeira votação no Senado, o placar foi de 56 a 19.

Segundo o Estadão, ao cumprimentar jornalistas na chegada ao hotel, em Tóquio, Bolsonaro brincou que “não articulou nada” para chegar ao resultado e alfinetou o agora ex-líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO).

- Anúncio -

“Eu não articulei nada, não sei articular. Quem articulou foi o Delegado Waldir”, disse rindo. No Twitter, o presidente comemorou a aprovação do texto e disse que a nova Previdência “abre caminho para o País decolar de vez”.

Já o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse esperar a mesma boa vontade do Congresso Nacional com as demais reformas que estão sendo preparadas pela equipe econômica.

A declaração foi dada na saída do plenário do Senado Federal, de onde acompanhou a proclamação do resultado final da votação, ontem à noite. Embora comemore o resultado, o ministro ressaltou que o ideal é que o Congresso aprove o texto paralelo da reforma da Previdência para incluir Estados e municípios nas mudanças.

(Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui