Palmeiras vence e rebaixa Cruzeiro em jogo interrompido por confusão

0
209
-
Lágrimas representam sentimento de quem se orgulhava de jamais ter visto o time na Série B (Foto: Alexandre Guzanshe/EM D.A Press)

O Cruzeiro vai jogar a Segunda Divisão em 2020. O time de Belo Horizonte foi derrotado por 2 a 0 para o Palmeiras em pleno Mineirão e termina o Brasileirão na 17ª colocação.

Aos 35 minutos, o jogo chegou até a ser interrompido por conta de vandalismo praticado no estádio, com cadeiras quebradas e atiradas e intervenção da Polícia Militar. Aos 40, a partida foi novamente interrompida, com todos os atletas reunidos no centro do gramado. Depois de mais de cinco minutos, a decisão do árbitro foi de acabar o duelo antes mesmo do apito final por falta de segurança.

Vários torcedores foram carregados, a brigada do Corpo de Bombeiros prestou atendimento a diversos deles e alguns desceram até o gramado para receber atendimento. O telão do estádio exibiu a mensagem para que todos os torcedores saíssem do local. A equipe da TV Globo ainda reportou que o delegado da partida pediu, inclusive, para que a imprensa deixasse o campo.

O primeiro gol foi marcado por Zé Rafael, em jogada que começou com belíssimo toque de calcanhar de Dudu para Raphael Veiga, que deu a assistência. O segundo foi feito por Dudu, de cabeça, dentro da pequena área. O Cruzeiro quase não conseguiu incomodar Weverton e só chutava de fora da área.

Apesar da vitória, o Palmeiras não conseguiu alcançar o vice-campeonato por conta da goleada aplicada pelo Santos em cima do Flamengo na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0 X 2 PALMEIRAS

Data: 08 de dezembro de 2019,

domingo Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Hora: 16h (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ) Assistentes: Luis Claudio Regazone e Silbert Faria Siquim (ambos do RJ) VAR: Carlos Eduardo Braga Nunes (RJ)

Cartão amarelo: Zé Rafael (PAL) Gol: Zé Rafael, aos 11 min do 2º T; Dudu, aos 37 min do 2º T

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela (Weverton), Léo, Cacá e Dodô; Henrique, Éderson, Jadson e Marquinhos Gabriel; Pedro Rocha (Maurício) e Ezequiel (Sassá). Técnico: Adilson Batista

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Antônio Carlos e Diogo Barbosa; Matheus Fernandes, Bruno Henrique e Lucas. Técnico: Andrey Lopes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui