PF realiza operação para coibir prática ilegal da medicina

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal realizou operação voltada ao combate da prática ilegal de medicina, falsificação de diploma do curso superior emitido por universidade estrangeira, bem como transferência externa para Universidades brasileiras mediante apresentação de currículo falso de universidade estrangeira. 

Segundo as investigações, os médicos ou os candidatos pagavam um valor para ter facilitada essa transferência externa e depois começavam a atuar nos municípios brasileiros, principalmente em postos de saúde e hospitais.Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e um mandado de busca. Os falsos médicos responderão por uso de documento falso, exercício ilegal da medicina, peculato e associação criminosa.

Na cidade de Jitaúna/BA, cinco falsos médicos foram descobertos trabalhando no hospital municipal e fugiram para outras cidades no Espírito Santo e Amazonas. (Metro1)