Prefeitura de Camaçari anuncia cancelamento do São João pelo segundo ano consecutivo

A prefeitura de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, anunciou na manhã desta segunda-feira (12) o cancelamento do ‘Camaforró 2021’, tradicional festa junina que acontece na cidade. Assim como em 2020, a suspensão se deu devido à pandemia da covid-19.

Em uma publicação realizada nas redes sociais, a administração municipal informou que a decisão foi tomada “diante da nova variante do coronavírus que é mais agressiva e em virtude das orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS)”.

“Uma das datas mais expressivas no calendário da cultura popular nordestina, as festas juninas saem de cena. Isso porque, diante da nova variante do coronavírus que é mais agressiva e em virtude das orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), que entende a necessidade de eliminar situações de aglomeração como forma de controlar a disseminação do vírus, informamos o cancelamento do Camaforró 2021, que não ocorrerá pelo segundo ano consecutivo por causa da pandemia da Covid-19”, diz o texto publicado no Instagram da prefeitura.

No último sábado (10), o ministro do Turismo Gilson Machado comentou os prejuízos por conta da não realização dos festejos juninos no Nordeste em decorrência da pandemia. Em entrevista ao Portal M!, ele disse que não tem condições de ter festejos.

O governador da Bahia, Rui Costa, também já afirmou que não acredita que os festejos de São João possam acontecer este ano, pelo menos no mês de junho: “Não há possibilidade, não vejo horizonte”, afirmou durante o programa Balanço Geral, da RecordTV Itapoan, na quarta-feira (7).

“Pelo menos na data de junho, eu acho pouco provável. Exceto se tivesse uma programação, outro dia alguém sugeriu, brincando, fazer um São João para a melhor idade. Então, faz ali no Parque de Exposições, e só entra acima de 60 anos com a carteira de vacinação. Quem tiver vacinado entra, quem não tiver vacinado não entra”, brincou o gestor.