Prefeitura de Mata de São João tenta derrubar casas “irregulares” e vereador denuncia truculência: “É desumano”

-

Os moradores da Vila Sauípe, no município de Mata de São João, na região metropolitana de Salvador, foram surpreendidos na manhã desta quarta-feira (24) com a chegada de funcionários da Secretaria de Obras e Guarda Municipal para derrubar suas casas. A prefeitura teria informado que os imóveis foram construídos de forma irregular.

Segundo o vereador Paulo Henrique, muitas famílias já moram no local há anos e, inclusive, pagam Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), autorizado pela própria prefeitura após requerimento de processo administrativo. São sete imóveis no local e o primeiro foi construído há 14 anos.

Ao BNews, o vereador questionou, ainda, a atuação da secretaria que não teria notificado as famílias. “Não notificaram os moradores também, foi de boca, só verbalizando”, contou.

O vereador lembrou ainda que, no momento, o mundo vive uma crise sanitária com a pandemia: “É para as pessoas ficarem em casa, é desumano, nada justifica isso. Se eles quiserem resolver, que seja pela justiça, não pela truculência e pela vontade própria”, ressaltou.

Procurada, a prefeitura de Mata de São João não se manifestou até o fechamento da matéria. (BNews)