Projeto do vereador Délcio é aprovado por unanimidade na Câmara de SAJ e estabelece que às igrejas são atividades essenciais

-
Foto: Reprodução

O vereador Délcio Mascarenhas (PSB) apresentou um projeto de lei que foi aprovado por unanimidade pelos seus pares na Câmara de Vereadores de Santo Antônio de Jesus que visa estabelecer para as igrejas e os templos de qualquer culto como atividades essenciais em período de calamidade.

O texto apresentado pelo vereador prevê que todos os tipos de atividades religiosas, dentro e fora dos respectivos templos, sejam consideradas essenciais e deverão ser mantidas, “mesmo em tempos de crises oriundas de moléstias contagiosas ou catástrofes naturais, como é o caso da pandemia causada pelo novo coronavírus”, disse o Délcio em entrevista ao Voz da Bahia. 

A matéria estabelece que as instituições deverão cumprir à risca todos os protocolos de biossegurança recomendados pela Organização Mundial da Saúde, com a capacidade de pessoas limitada a 30% e com o uso de máscaras de proteção para todos no local do culto. 

“O apoio oferecido pela igreja em tempos de críticos como o que estamos passando é extremamente importante para fortalecer as pessoas. O cuidado com a saúde é indiscutível, mas também é preciso cuidar da mente, da alma e do espírito, e isso acontece nas reuniões.”, justificou Délcio.

“Independentemente da denominação ou da religião, as pessoas precisam de apoio emocional”, concluiu Mascarenhas. A matéria foi apresentada no Plenário da Câmara Municipal e aprovada por unanimidade, pelos 14 legisladores. Segundo Délcio, a Lei 1576 apenas aguarda sua publicação nesta segunda-feira (16/08) no Diário Oficial do município.

Reportagem: Voz da Bahia