Record é acusada de homofobia após cortar beijo entre Aline e Dayane em A Fazenda

O Twitter shippa o casal que são apelidadas de “DayLine” (Reprodução: PlayPlus)

O final de semana foi de intensidade na sede de A Fazenda, em Itapecerica da Serra, São Paulo, mas o público não pôde acompanhar por completo tudo que aconteceu entre os peões durante a festa que aconteceu na madrugada de sábado (16).

Na web, a Record vem sendo acusada de homofobia por ter cortado o beijo entre as peoas Aline Mineiro e Dayane Mello. Apenas um beijo foi exibido para o público, o de Gui Araújo com Mariana Ferrari.

Uma câmera filmava as duas segundos antes do beijo e acabou tirando as meninas de foco. Já com o casal hétero, todo momento de afeto foi transmitido.

VEJA:

Esta não é a primeira vez que a emissora do bispo Edir Macedo é acusada de homofobia. Na edição de 2020, os momentos de carinho entre MC Mirella e Stefani Bays foram cortados. A Record também tende a cortar conversas mais picantes sobre sexo. A emissora não se pronunciou sobre as acusações. (BN)