SAJ: Delegados diz que jovem morto na Urbis IV era envolvido com facção; mulher que foi baleada passa bem

Durante a manhã desta segunda-feira (05) o coordenador da 4° Corppin Dr. Edilson Magalhães, falou sobre o homicídio ocorrido no Caminho 16, na Urbis IV no início da noite deste domingo (04) em Santo Antônio de Jesus, onde um homem foi alvejado e morto (veja aqui).

Segundo o delegado trata-se mais uma vez de um crime ocorrido por guerra de facção, “eu quero aproveitar a ocasião para informar que somente um homicídio ocorrido até o dia de hoje na cidade de Santo Antônio de Jesus não foi elucidado, eu não vou citar o nome da vítima para o acusado não ficar à vontade, mas eu estou com a lista onde todos os crimes ocorridos esse ano foram elucidados, estão com prisões preventivas pedidas pela Polícia Civil e decretada pelo Ministério Público e Poder Judiciário porque sem essa parceria a gente não consegue chegar a elucidação dos crimes”, declarar.

Ainda sobre o assassinato, ocorrido no bairro Urbis IV, o delegado afirma que uma mulher também foi atingida por um tiro, pois estava no mesmo local que a vítima fatal, “a gente não sabe ainda qual o grau de relacionamento deles, se era namorado, se era amigo, mas a princípio esse tiro pegou nela e como se fala em alguns locais, foi “bala perdida” , por que não foi para ela, foi realmente focada para matar o Mariel, infelizmente foi atingida, mas passa bem”, diz.