‘Se tomarmos medidas de fechamento novamente, vamos quebrar’, reforça Bolsonaro

Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comentou, nesta quinta-feira (25), sobre uma possível 4ª onda da pandemia no Brasil. Durante entrevista à Rádio Sociedade, o presidente da República afirmou que a economia do país não aguentaria enfrentar novas medidas de fechamento, e voltou a defender o tratamento precoce contra a Covid-19.

“Tô vendo que países da Europa estão tomando medidas de lockdown. Se tomarmos medidas de fechamento aqui novamente, vamos quebrar. Temos que tomar um cuidado muito especial com as pessoas de risco. A vacina tem o período de validade menor. Quem foi contaminado tem uma imunidade de muito mais tempo. Tomei aquele remédio pra combater a malária, tomei o remédio pra combater o piolho e me dei bem. Nós temos que enfrentar o problema. Se dermos um golpe mortal na economia, mortes outras virão. Como desnutrição e depressão. O mundo ta com esse problema, não é exclusivo do Brasil. O único país que teve uma CPI pra derrubar o presidente foi o Brasil. Eles me responsabilizam pelas 600 mil mortes, mas não responsabilizam quem desvia dinheiros”, alfinetou. (Bahia.ba)