Supremo alerta governo Bolsonaro sobre risco jurídico de dar reajuste só para policiais

Foto: Carolina Antunes/PR

Membros do Supremo Tribunal Federal (STF) alertaram o governo Jair Bolsonaro (PL) sobre o risco jurídico de conceder reajustes salariais apenas para policiais, como sinalizado pelo presidente.

Segundo a Folha de São Paulo, em consultas informais feitas por auxiliares de Bolsonaro, ministros da corte avisaram que aprovar aumentos para uma única categoria pode deflagrar uma avalanche de ações no Judiciário, levando o STF a decidir pela extensão da medida a todos os servidores.

Uma possível decisão determinando o “alinhamento de tratamento” provocaria impacto bilionário no Orçamento da União.

Hoje, há uma reserva de R$ 1,7 bilhão para conceder reajustes a servidores da PF (Polícia Federal), PRF (Polícia Rodoviária Federal) e do Depen (Departamento Penitenciário).

No caso de um reajuste generalizado, cada 1% gera um impacto de R$ 3 bilhões, segundo cálculos internos do governo. A área econômica já manifestou ser contra uma revisão geral dos salários. (Metro1)