Últimas Notícias sobre lockdown

Foto: Reprodução / Marcelo Camargo - Agência Brasil

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) divulgou, nesta segunda-feira (5), que os representantes de pelo menos 1.234 gestores municipais aprovam um fechamento nacional por 15 dias das atividades como alternativa para frear o avanço da pandemia da Covid-19. A 15ª edição da pesquisa semanal, realizada entre 28 de junho e 2 de julho, obteve respostas de 3.079 gestores locais. Quase 53% deles se dizem favoráveis a um lockdown nacional para o enfrentamento da pandemia e a diminuição no número de óbitos.

Foto: Reprodução / Prefeitura de Ribeira do Pombal

A prefeitura de Ribeira do Pombal, no Nordeste baiano, resolveu fazer um lockdown para tentar frear a disseminação da Covid-19. A medida passa a valer a partir das 18h desta quinta-feira (20) e vai até a 5h da próxima segunda-feira (24). No período, nem mercados e o comércio de alimentação poderão abrir as portas. Estes vão ter que funcionar pelo sistema delivery [de entrega em domicílio].

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta sexta-feira (7/5) que o decreto “para garantir a livre circulação no país” está pronto.

Foto: Reprodução/Twitter

O Twitter colocou um aviso de “publicação de informações enganosas e potencialmente prejudiciais relacionadas à Covid-19” em um post do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), em que ele fala sobre “lockdown” e distanciamento social.

Foto : Fernanda Moro / NSC TV

Um dia após o Brasil registrar 4,2 mil mortes em 24 horas, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a dizer que não haverá um lockdown nacional e fez novas críticas à adoção de medidas restritivas para tentar frear o avanço da Covid-19 no Brasil. A declaração foi dada hoje (7) durante evento em Chapecó (SC). A informação é do G1.

Foto : Portuguese Gravity/Unsplash

Após ver a pandemia sair do controle em janeiro, com sistema de saúde quase colapsado, Portugal colhe frutos de um resultado eficiente no combate ao coronavírus. Depois de um lockdown severo, o país registrou nesta semana seus melhores dados de pressão sobre as Unidades de Terapia Intensiva (UTI) nos últimos cinco meses, com 187 pacientes atendidos, enquanto mantém estáveis seus indicadores de novos casos e óbitos diários por Covid-19. O boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde do país contabiliza, nas últimas 24 horas, 568 novos casos em todo o país, o que segue em linha com os dois dias anteriores e com a média a sete dias (495,9). O número de óbitos é o segundo mais baixo dos últimos cinco meses (o mais baixo, 10 mortos, é relativo a segunda-feira).

Seguindo na prevenção ao coronavírus, a Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus (PMSAJ) prorroga o lockdown para o próximo final de semana, de 19 a 22 de março, e estabelece o toque de recolher diariamente, das 20 às 05h, até 01 de abril. As medidas foram publicadas em Diário Oficial ontem (15) no decreto nº 161/2021 e em retificação com o decreto nº 162/2021 publicado nesta terça (16)

Foto: Reprodução / Globo

A jornalista Maju Coutinho virou assunto nas redes sociais nesta quarta-feira (17) após usar a expressão “o choro é livre” para as pessoas que não defendem o lockdown como medida para conter a pandemia da Covid-19. “Os especialistas são unânimes em dizer que essas são medidas indispensáveis agora para conter a circulação do vírus. O choro é livre, não dá para a gente reclamar, é isso que tem”, disse durante o Jornal Hoje.

Foto: Divulgação

O encontro do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com a então cotada para assumir o Ministério da Saúde, a médica cardiologista Ludhmila Hajjar, que aconteceu ontem (15) no Planalto, foi marcado por desentendimentos. Em determinado momento, o presidente chegou a se dirigir a Ludhmila e perguntar: “Você não vai fazer lockdown no Nordeste para me foder e eu depois perder a eleição, né?”. A informação é do portal Poder360.

Arena Castelão no Ceará | Foto: Divulgação

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou na noite desta quinta-feira (11) a ampliação do lockdown para todo o estado a partir da meia-noite deste sábado (13) até o próximo dia 21, no outro domingo. Antes as restrições valiam apenas para a capital Fortaleza. Dentre as medidas está a proibição de partidas de futebol. A decisão paralisa o Campeonato Cearense, porém os jogos válidos pela Copa do Brasil e Copa do Nordeste seguem permitidos.

Close