Últimas Notícias sobre Vacina de Oxford

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

A Universidade de Oxford lançou um estudo para avaliar a segurança e a resposta imune da vacina contra Covid-19 que desenvolveu com o laboratório AstraZeneca em crianças pela primeira vez.

Foto : Divulgação/AstraZeneca

A vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca pode ter grande efeito na transmissão do novo coronavírus, com a redução de 67% nos testes positivos. A conclusão é de um estudo preliminar divulgado ontem (2), que ainda não foi revisado por pares.

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

As doses da vacina da Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca, que foram destinadas para a imunização da população de Santo Antônio de Jesus chegaram a cidade na tarde desta domingo (24).

Foto : Reprodução

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou hoje (24), em um comunicado em seu perfil do Twitter, que as doses da vacina produzida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca estão chegando ao estado baiano. Ele afirma que a distribuição das doses aos municípios do interior começará “imediatamente”.

Foto : Reuters/Dado Ruvic

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) enviou um documento ontem (19) ao Ministério Público Federal (MPF) comunicando que a entrega da vacina de Oxford será adiada de fevereiro para março.

Foto: Divulgação

Com a chegada dos ingredientes farmacêuticos ativos (IFAs) importados em meados de janeiro, a Fundação Oswaldo Cruz prevê que a produção da vacina AstraZeneca/Oxford no Brasil deve começar no dia 20 deste mês. O imunizante previne contra a covid-19 e já começou a ser aplicado no Reino Unido.

Foto : Bruno Concha/Secom/PMS

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou ontem (2), que liberou a importação excepcional de 2 milhões de doses da vacina produzida pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca contra o coronavírus pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A decisão foi assinada na última quinta-feira, 31 de dezembro, segundo a nota, mesmo dia em que a fundação entrou com o pedido para importar o imunizante.

Foto: Divulgação

Em reunião com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a AstraZeneca demonstrou intenção de pedir o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 que desenvolve em parceria com a Universidade de Oxford. Quando apresentado o pedido, a agência terá até 10 dias para fazer a análise.

Foto: Divulgação

Mais um avanço no combate à pandemia de coronavírus nesta quinta-feira (19). A vacina produzida pela Universidade de Oxford, em parceira com a farmacêutica AstraZeneca, gera resposta imunológica em adultos de todas as idades, incluindo idosos com mais de 70 anos.

Foto: Divulgação/Grupo Fleury

Andrew Pollard, investigador-chefe dos ensaios clínicos da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford, disse que o potencial imunizante pode ter seus resultados de testes em estágio avançado antes do fim deste ano. Não está claro, porém, se as doses estarão disponíveis antes do Natal.

Close