TSE mostra que, três meses depois de anunciar saída, Bolsonaro continua no PSL

-
Agência Brasil

A pesar de ter assinado a desfiliação há quase três meses , o Tribunal Superior Eleitoral ainda mostra Jair Bolsonaro como filiado ao PSL do Rio de Janeiro.

De acordo com dados do tribunal, a desfiliação é registrada quando tanto o partido político como o Juízo Eleitoral lançam as informações no sistema.

O partido, por sua vez, afirma que já enviou as informações, mas o cartório, não.

“Tal informação passará a constar no âmbito do TSE quando houver a comunicação de desfiliação do filiado junto ao cartório eleitoral, e quando o cartório eleitoral, de posse do pedido, lança a informação no sistema”, declarou o TSE.

A Zona Eleitoral a qual Jair Bolsonaro responde diz que não pode revelar se Bolsonaro entregou ou não o pedido de desfiliação.

No entanto, o filho mais velho do presidente, senador Flávio Bolsonaro, assinou a saída do PSL no mesmo mês que o pai e já aparece como desfiliado. (BNews)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui