Vara do Trabalho de Barreiras faz videoconferência para ouvir testemunha em outra cidade

Foto: TRT-BA

A Vara do Trabalho de Barreiras, no extremo oeste baiano, realizou com sucesso, na terça (21), uma videoconferência-piloto para ouvir testemunha. Durante a audiência, a juíza do Trabalho Andréa Presas, titular da unidade, colheu o depoimento de uma testemunha que se encontrava no Fórum Trabalhista de Vitória da Conquista, cidade localizada no centro-sul do estado.

De acordo com o juiz auxiliar da Corregedoria Regional, Firmo Ferreira Leal, o teste visa apurar a qualidade do link de internet entre as duas cidades e dos equipamentos adquiridos para essa finalidade. “Se tudo correr bem, devemos começar a implantar o serviço em todas as Varas do Trabalho do Tribunal a partir do início de julho”, informa.

A distância entre as cidades de Barreiras e Vitória da Conquista é de 688 km. Sem a videoconferência, a oitiva da testemunha se daria através de carta precatória inquiritória, o que envolveria outro juiz (juiz deprecado), em outra cidade, que pudesse colher o depoimento. “Esse processo é mais lento, pois depende da disponibilidade da Vara Deprecada”, explica a magistrada.

O novo sistema propõe diminuir custos, burocracia na comunicação e ser mais eficiente. “A videoconferência tem várias vantagens. Apenas para citar duas: ela permite que as partes e testemunhas sejam ouvidas, mesmo a distância, pelo juiz natural da causa. Também encurta o tempo do processo”, ressalta a juíza titular de Barreiras. O sistema poderá ser usado também para capacitação de servidores e reuniões diversas relativas à atividade institucional. Bahia Noticias)