Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Presente em vegetais folhosos e verde-escuros, a vitamina K1 cumpre função importante no processo de coagulação sanguínea

Ter uma alimentação rica em vitaminas é fundamental para fortalecer a imunidade e garantir o bom funcionamento do organismo como um todo. O complexo K, em especial, é importante para a saúde da estrutura óssea e dos vasos sanguíneos porque ajuda na coagulação. Por isso, é necessário consumir no dia a dia alimentos que são fontes desses nutrientes, como os vegetais folhosos e verde-escuros. Para te ajudar a entender melhor o universo das vitaminas e seus benefícios, preparamos uma matéria sobre as diferenças e semelhanças das vitaminas K1, K2 e K3. Confira!

Vitamina K1 (filoquinona) é importante para a coagulação sanguínea e pode ser encontrada em diversos vegetais

Também conhecida como filoquinona, a vitamina K1 é uma das principais responsáveis pelo processo de coagulação sanguínea. Isso porque ela contribui para a síntese de proteínas que asseguram a coagulação do sangue e de outras moléculas produzidas pelo fígado. Por isso, para melhorar o processo de cicatrização (em períodos pós-operatórios, por exemplo), é muito importante incluir alimentos ricos em vitamina K1 na dieta, tais como brócolis, couve-flor, rúcula, agrião, alface, espinafre, repolho, couve e outros vegetais folhosos.

Vitamina K2 (menaquinona) é importante para a fixação do cálcio nos ossos e também contribui para a coagulação sanguínea

Assim como filoquinona, a vitamina K2 (menaquinona) também ajuda a ativar proteínas que atuam no processo de coagulação do sangue. Além disso, ela garante elasticidade aos vasos e artérias, o que é essencial para o bom funcionamento do fluxo sanguíneo. Outro ponto interessante da vitamina K2 é que ela contribui para a fixação do cálcio nos ossos, pois ajuda a combinar o mineral com a osteocalcina (proteína presente na estrutura óssea).

Além de ser produzida naturalmente pela nossa flora intestinal, a vitamina K2 também pode ser encontrada em alimentos de origem animal e fermentados – como carnes, leites, queijos, iogurtes e derivados. Por isso, para manter a saúde dos sistemas circulatório e ósseo, é muito importante que você os inclua no seu cardápio diário.

Vitamina K3 (menadiona) é produzida em laboratório, usada em suplementos alimentares

Diferentemente das vitaminas K1 e K2, a K3 não pode ser encontrada em alimentos, pois é uma substância artificial produzida em laboratório. Geralmente, ela é utilizada pela indústria da saúde no preparo de suplementos alimentares e é indicada apenas para indivíduos que sofrem de deficiência de vitaminas do complexo K. Vale destacar, no entanto, que é necessário consultar um médico para saber se há necessidade de realizar a suplementação do nutriente. (Conquiste sua Vida)