Globo vende sede de São Paulo e passa a pagar aluguel para reduzir custos

Foto: Reprodução/Google Maps

Visando reduzir gastos e “ser mais flexível”, a Globo se desfez do complexo de imóveis em que funciona sua sede em São Paulo. Segundo o Notícias da TV, a emissora quer seguir o exemplo da Netflix e mudar a relação de trabalho com o núcleo de entretenimento.

Com isso, a Globo assinou um contrato com a Vinci Real Estate, nova detentora do imóvel, para continuar no espaço apenas com os estúdios de jornalismo pelos próximos 15 anos. O espaço não poderá ser sublocado. 

O valor total da aquisição é de R$ 522 milhões, o que equivale a um preço de R$ 13.369/m². Agora, a emissora pagará inicialmente, pela locação, R$84,67 por metro quadrado corrigidos anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Em nota, a emissora disse que a operação faz parte de uma estratégia de se tornar mais ágil e flexível. “A empresa vem buscando ampliar a sua eficiência através da captação de novas fontes de receita, da racionalização na gestão de custos e da ampliação da sinergia entre suas operações, gerando valor em tudo o que faz”, disse ao NTV. (BN)