Marcius Melhem aciona Justiça para proibir site de publicar novas acusações de assédios

Foto: Reprodução / TV Globo

Marcius Melhem entrou na Justiça pedindo que a revista Piauí fosse submetida à censura prévia e impedida de publicar uma reportagem sobre novas acusações de assédios contra o comediante.

A revista entrou em contato com Marcius para solicitar uma entrevista referente os desdobramentos das acusações de assédio. Na sequência, a assessoria de imprensa do humorista pediu as perguntas da entrevista, e pediu alguns dias para entregar as respostas. No entanto, durante este período que a Piauí aguardava, Melhem entrou na Justiça para impedir a publicação da reportagem.

De acordo com o site, a juíza Tula Corrêa de Mello, da 20ª Vara Criminal da Justiça do Rio de Janeiro, acatou o pedido de Melhem e determinou “a suspensão, pelo tempo que durarem as investigações, da publicação de matéria na revista Piauí ou seu respectivo site”. Em caso de descumprimento, a revista pagará uma multa de R$ 500 mil, além da remoção da reportagem e dos exemplares da revista. Até o momento, o site está contestando a decisão judicial.

SAIU DA GLOBO
Em meio às acusações de assédio, a Globo encerrou o contrato com Marcius Melhem após 17 anos de casa. De acordo com a emissora, o encerramento foi em comum acordo.

A Revista Piauí divulgou uma reportagem com detalhes do assédio sexual feito por Marcus Melhem. A humorista Dani Calabresa foi a primeira mulher a levar o caso para diretoria da Rede Globo causando a demissão do ator, diretor e roteirista da emissora carioca. (BN)