Mulher passa momentos de terror psicológico em SAJ após sofrer tentativa de golpe: “ele me pediu R$ 10 mil reais”

-
Foto ilustrativa: Reprodução

Um moradora de Santo Antônio de Jesus, que não teve o nome divulgado por motivos de segurança, relatou a tentativa de golpe que sofreu no último sábado (18), após receber a ligação de um homem que alegava estar em posse de sua filha e que iria matá-la caso a mulher não deposita-se uma quantia em dinheiro.

“Eu recebi uma ligação de uma menina gritando muito ‘me ajuda, mãe, me ajuda, socorro’. De repente veio uma voz de homem dizendo que queria dinheiro porque ele estava com minha filha”, contou em entrevista ao repórter Joselito Fróes.

A mulher ainda relatou que o suspeito inventou uma história envolvendo um suposto assalto para tentar convencê-la a pagar a quantia exigida.

Ele disse que estava com minha filha porque tinha passado por um assalto e o irmão estava baleado e tinha um cerco, e ele precisava do dinheiro para fugir. No início ele me pediu dez mil reais, eu disse que não tinha esse dinheiro ai ele baixou para cinco mil, eu disse que não tinha e ele disse ‘então quer dizer que a vida da sua filha não vale nada?’, teria questionado o homem à mulher.

A vítima ainda contou que mesmo não tendo filha, ela se sentiu muito mal devido ao terror psicológico que o homem fez. O pedido do dinheiro, os gritos da suposta vítima e os xingamentos teriam deixado a mulher abalada.

Ele me disse que eu iria encontrar o corpo de minha filha em qualquer lugar. Quando o rapaz começou a falar eu percebi logo que era um golpe porque eu não tenho filha, eu tenho filho. Mesmo sabendo que era um golpe eu fiquei muito assustada porque eu ficava imaginando o que outra pessoa que tinha uma filha estaria passando“, relatou.

O homem só desistiu das investidas após ela mentir dizendo que estava com Polícia Civil, “eu disse a ele estava com a policia civil o que não era verdade, e ele desligou em imediato”, disse a santoantoniense.

A vítima disse que resolveu expor a situação como forma de alerta e evitar as pessoas sejam vítimas desse crime, “eu queria alertar a população. Antes de receber uma ligação se informe, haja com calma, prudência e não deposite o dinheiro”, disse.

Redação: Voz da Bahia