Servidores de São Francisco do Conde cobram direitos trabalhistas

-
Foto: Sidetran

Os servidores municipais concursados de São Francisco do Conde, a 71 km de Salvador, cobram a retomada dos direitos trabalhistas. De acordo com o Sindicato dos Servidores Municipais da cidade (Sindsefran), uma série de medidas que alteraram os planos de cargos e salários e o instituto de previdência municipal foram aprovadas pelo prefeito Evandro Almeida (PP).

Ainda conforme o sindicato, a Câmara dos Vereadores apoiou a aprovação das alterações, que teria ocorrido durante a noite. Uma reunião com representantes da prefeitura está marcada para esta quinta-feira, 1º de outubro.

Com a aprovação das medidas, os servidores teriam perdido acréscimo no vencimento referente à promoção vertical que garante o recebimento de pagamento baseado aos títulos adquiridos como forma de reciclagem e expansão de conhecimento como pós-graduação, mestrado e doutorado.

O sindicato teria também solicitado apoio dos vereadores, que responderam que a responsabilidade era exclusiva do Poder Executivo do município e seria necessário que a prefeitura elaborasse um projeto de lei para ser votado na Câmara.

Desde então uma série de protestos vem sendo realizada pelos servidores municipais concursados. O Portal A TARDE entrou em contato com a assessoria da Prefeitura de São Francisco do Conde, que informou que vai verificar a situação. (Portal A TARDE)