Últimas Notícias sobre André Mendonça

Daniel Silveira foi condenado por incitar agressões a ministros da Corte e atacar a democracia - Foto: Divulgação / Agência Câmara

Por dez votos contra um, o Supremo Tribunal Federal (STF) condenou o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PTB-RJ) a 8 anos e 9 meses de prisão, em regime fechado. Além disso, ele foi condenado a pagar multa no valor de R$ 192,5 mil, por incitar agressões a ministros da Corte e atacar a democracia, defendendo em vídeos, o fechamento do STF.

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) André Mendonça tomou posse hoje (5) no cargo de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), órgão responsável pela organização das eleições.

Foto: Divulgação

O ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) está trabalhando em sua pré-candidatura à presidência da República este ano, e pretende buscar apoio dos evangélicos para tentar derrotar o atual mandatário, Jair Bolsonaro (PL).

Foto: reprodução/Twitter

O culto que marca o encerramento das atividades dos integrantes da bancada evangélica no Congresso Nacional nesta quarta-feira, 08 de dezembro, contou com uma ministração do pastor André Mendonça, que celebrou a Santa Ceia.

Foto: Isac Nóbrega/PR

André Mendonça não foi o primeiro a chegar lá. Ainda que a narrativa vitoriosa sustente que o pastor presbiteriano, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, será o primeiro evangélico no STF (Supremo Tribunal Federal), o marco foi alcançado há mais de seis décadas, com a nomeação de Antônio Martins Villas Boas (1896-1987).

Foto: Reprodução

O jornalista Alexandre Garcia comentou em seu canal a cobertura da imprensa sobre a comemoração após aprovação do pastor André Mendonça para a vaga no Supremo Tribunal Federal, e denunciou o “preconceito religioso contra os evangélicos”. Um dos mais despudorados foi Diogo Mainardi ao classificar os fiéis como “gente bizarra”.

Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender perante um público de evangélicos a indicação de André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal (reveja aqui) e afirmou que a aprovação do nome do ex-ministro da Justiça, que também é pastor presbiteriano, levará paz e equilíbrio à corte. “Ele não quer nem que quero perseguir ninguém dentro do Supremo Tribunal Federal. Não queremos perseguir ninguém. Queremos é levar paz lá para dentro, o equilíbrio que essas pautas sobre conservadorismo que estão o tempo todo dentro daquela Casa”, afirmou o presidente.

Foto: Divulgação/AGU

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta segunda-feira (12) o nome do Advogado-Geral da União, André Mendonça, para preencher a vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), deixada pelo ministro Marco Aurélio Mello, que se aposentou nesta segunda. O presidente informou ao presidente da Corte, ministro Luiz Fux, em conversa nesta tarde.

André Mendonça | Foto: Divulgação/Palácio do Planalto

Em reunião ministerial no Palácio da Alvorada, nesta terça-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro disse que André Mendonça, advogado-geral da União, será o indicado para a vaga de Marco Aurélio Mello no Supremo Tribunal Federal (STF).

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O governo federal anunciou na madrugada desta terça-feira (28) o advogado André Luiz Mendonça, atual titular da Advocacia-Geral da União como novo ministro da Justiça. Também foi confirmado que Alexandre Ramagem, atual diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e próximo da família Bolsonaro, vai ser o diretor-geral da Polícia Federal (PF).

Close