Últimas Notícias sobre TrF-1

Foto: Reprodução / Veja

A Polícia Federal reabriu a investigação que mira Adélio Bispo, autor da facada no então candidato Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018.

Print de imagem divulgada por hackers que dizem ter invadido o sistema do TRF-1 — Foto: Divulgação

Após ter tido o site institucional invadido por hackers (veja aqui), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) afirmou neste sábado (28), em nota, “que resolveu adotar medidas destinadas a isolar totalmente os serviços dos sistemas oferecidos aos usuários externos do TRF-1, impedindo qualquer acesso remoto”. 

Foto: REPRODUÇÃO

Um ataque hacker atingiu, nesta sexta-feira (27/11), os sistemas do Tribunal Regional da Primeira Região (TRF-1). Os invasores dizem ter obtido acesso a arquivos em mais de 40 bases de dados do tribunal.

Foto: Ricardo Stuckert

O Tribunal Federal Regional da 1ª Região (TRF-1) trancou a ação penal em que o ex-presidente Lula era acusado de influenciar contratos firmados entre o BNDES e a Odebrecht. Segundo o Ministério Público Federal, em troca de sua atuação, Lula teria recebido propina por meio de seu sobrinho, Taiguara Rodrigues dos Santos.

Foto: Divulgação

Por determinação judicial, o Sistema Único de Saúde (SUS) deverá incluir medicamentos à base de Cannabidiol (CBD) e Tetraidrocanabinol (THC) – substâncias provenientes da planta Cannabis sativa na lista de fármacos ofertados gratuitamente. Os medicamentos já são registrados pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Foto: Divulgação

A Justiça Federal na Bahia passa por uma correição do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). Desde novembro de 2019, a corregedora regional do TRF-1, desembargadora Maria do Carmo Cardoso tem vindo ao estado para dar prosseguimento às correições. Na última semana, a corregedora esteve com a equipe em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. A Bahia foi o último estado a receber a Correição Geral Ordinária, que passou por 12 estados mais o Distrito Federal no ano de 2019.

Foto: Reprodução

O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), desembargador Carlos Moreira Alves, alterou a jurisdição da Seção Judiciária da Bahia e das Subseções Judiciárias de Alagoinhas, de Bom Jesus da Lapa, de Campo Formoso, de Feira de Santana, de Guanambi, de Ilhéus, de Itabuna, de Jequié, de Paulo Afonso e de Vitória da Conquista. A medida passa a valer no próximo dia 3 de fevereiro, com redistribuição dos processos.

Foto: Alagoinhas Hoje

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) deve definir nesta quinta-feira (10) a reestruturação das varas da Justiça Federal na Bahia. O processo é relatado pelo presidente do TRF-1, desembargador Carlos Moreira Alves. A reestruturação prevê a transferência de algumas varas para outras cidades, como a de Alagoinhas para Salvador ou Feira de Santana. A corregedora do TRF-1, desembargadora Maria do Carmo Cardoso, sugeriu ainda a transferência da 5ª Vara de Salvador para subseção de Paulo Afonso e a transferência da 3ª Vara para Guanambi.

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) manteve a sentença que condenou a Caixa Econômica a pagar, solidariamente com uma construtora, aluguel no valor de R$ 430, a devolver os valores pagos pelos autores a título de sinal e parcelas mensais de um imóvel, além de pagar indenização por danos morais no valor de R$ 15 mil pelo fato do bem não ter sido entregue. A sentença foi proferida pela 1ª Vara Federal de Itabuna, no sul da Bahia.

O estudante requereu que a prova fosse realizada em outro momento, pois o sábado é um dia sagrado para os membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Imagem Divulgação

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) manteve a decisão da 12ª Vara Federal da Bahia, que concedeu a um estudante adventista o direito de realizar a prova de vestibular em horário alternativo devido a crença religiosa.  De acordo com os autos, o estudante se inscreveu para o vestibular de um … continue

Close