Últimas Notícias sobre EDUCAÇÃO

O número de faltosos foi divulgado nesta terça-feira (11) pelo Inep

Dos 340.659 inscritos, apenas 33,2% (112.931) compareceram, no domingo (9), ao primeiro dia de provas da reaplicação da edição 2021 do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Os ausentes somaram 227.728, o que representa 68,8% do total de inscritos.

Após a confirmação do retorno das aulas presenciais a partir de 7 de março, a Universidade Federal da Bahia (UFBA) lançou, nesta terça-feira (11), um formulário para comprovação do esquema vacinal da comunidade

Foto: Marcelo Casal Jr/ ABR

Começa neste domingo (9) a reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. A nova rodada do exame, que segue no próximo domingo (16), é destinada a quem estava inscrito no Enem regular, mas teve a aplicação prejudicada de alguma forma. Também fazem o exame as pessoas privadas de liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL).

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Começa neste domingo (9) a reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. A nova rodada do exame, que segue no próximo domingo (16), é destinada a quem estava inscrito no Enem regular, mas teve a aplicação prejudicada de alguma forma.

Marcelo Casall Jr/Agência Brasil

A medida provisória (MP) que estabelece regras para a renegociação de dívidas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) pode atender pouco mais de 1 milhão de estudantes, que representam contratos no valor de R$ 35 bilhões. Os números são do Ministério da Educação (MEC) e levam em conta o total de 2,6 milhões de contratos ativos do Fies, abertos até 2017, com saldo devedor de R$ 82,6 bilhões. Desse total, 48,8% (1,07 milhão) estão inadimplentes há mais de 360 dias. O texto que facilita o pagamento dos atrasados foi editado no último dia de 2021 e ainda precisa de um decreto regulamentador.

Marcello Casal JrAgência Brasil

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, inscritos para a reaplicação das provas no próximo domingo (9) e no domingo seguinte (16), já podem entrar na Página do Participante e conferir, no Cartão de Confirmação de Inscrição, a data, o horário e local de aplicação do exame.

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será reaplicado nos dias 9 e 16 de janeiro para os candidatos que fizeram a solicitação ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela prova. Os casos nos quais a reaplicação é permitida são específicos e não valem para todos os candidatos.

Foto: Divulgação

Estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2021, só terão acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no segundo semestre do ano.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) informou nesta sexta-feira (31) que foram criadas cerca de 600 mil vagas no ensino superior neste ano. De acordo com a pasta, 436,3 mil foram para cursos à distância e 159,8 mil para cursos presenciais, o maior número entre 2015 e 2021.

Após o veto do governo federal na exigência de comprovante vacinal por universidades, a Academia Brasileira de Ciências, a Associação Nacional de Pós-graduandos e outras 15 entidades do ensino superior de todo o Brasil assinaram nota pela autonomia das instituições federais e contra a decisão do Ministério da Educação.

De acordo com texto, o despacho do Ministro da Educação, Milton Ribeiro, nesta quinta-feira (30), além de desrespeitar a autonomia constitucional das instituições de ensino superior, “está errado no mérito, por
impossibilitar – verbo que emprega o ato ministerial – a adoção de medidas indispensáveis para garantir o direito, também constitucional, à vida.”.

As associações defendem que, perante a ameaça que volta a recrudescer, com a nova variante da Covid se espalhando rapidamente pelo mundo, a autonomia das universidades necessariamente inclui o direito de adotar os cuidados exigidos pela preservação “do bem maior que é a vida”.

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) também emitiu nota na qual afirma que pretende continuar a exigir a comprovação do esquema vacinal completo para a realização das atividades presenciais.

Close