Últimas Notícias sobre Guedes

Foto: Antônio Queiroz / Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, culpou outros Poderes para o fracasso na política de privatizações no governo Jair Bolsonaro (PL). Ele disse nesta sexta-feira (17) ser inadmissível que o governo, eleito com um programa liberal que inclui privatizações, esbarre em obstáculos de outros Poderes para vender empresas estatais.

Foto: Divulgação

O ministro da Economia, Paulo Guedes, vai promover uma nova dança das cadeiras dentro da pasta. O ministro vai aproveitar a saída do secretário de Produtividade, Carlos da Costa — que assumirá o posto de enviado do ministério em Washington, capital dos Estados Unidos —, para reformular alguns postos dentro da Economia. O secretário vinha tendo entreveros com Guedes por causa de divergências sobre a política econômica nos últimos meses. O ministro vai criar uma nova secretaria, a de Estudos Econômicos, que contemplará a Secretária de Política Econômica (SPE), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O posto será do atual secretário da SPE, Adolfo Sachsida, que concentrará os esforços e estudos socioeconômicos dentro do Ministério da Economia.

Foto: Divulgaçao / Presidência da República

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira (18), em evento promovido pela Secretaria de Política Econômica da pasta, que a alta do dólar é motivada por “barulheira infernal” e brigas políticas, mas que movimento favorece investimentos no Brasil.

Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou nesta terça-feira (9) um convite para que os ministros ministros Paulo Guedes (Economia) e Bento Albuquerque (Minas e Energia) e o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, expliquem ao colegiado os sucessivos reajustes nos preços dos combustíveis no país. A data da audiência pública ainda não foi definida.

Foto: Alan Santos/ Presidência da República

Durante a agenda do G20, na Itália, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou neste domingo (31) que o governo trabalha com a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição dos Precatórios como “plano A” para viabilizar o programa social Auxílio Brasil, que substituirá o Bolsa Família e promete pagar, no mínimo, R$ 400 a famílias de baixa renda.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o Brasil precisa “tirar o petróleo” para usar os recursos em investimentos, educação e tecnologia antes que a Petrobras passe a valer nada.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (12) que atualmente há inflação em todo o mundo, e afirmou que o aumento de preços de alimentos e energia é responsável por metade dos índices no Brasil.

(crédito: Reprodução/Macroday/BTG Pactual Digital)

A prorrogação do auxílio emergencial 2021 foi confirma pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Essa é a primeira vez que a prorrogação é confirmada pelo ministro. A declaração foi dada em cerimônia no Palácio do Planalto e as informações são da Agência o Globo.

Foto: Divulgação

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu nesta segunda-feira (27) que a Petrobras e o Banco do Brasil entrem na “fila” de privatizações dos próximos anos.

Foto: Divulgação

Em reunião nesta segunda-feira (30) com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, o ministério da Economia, Paulo Guedes fez questão de reiterar a sua confiança na democracia brasileira.

Close