Últimas Notícias sobre manchas de óleo

Fragmento de óleo na praia norte da Ilha de Santa Bárbara, em Abrolhos — Foto: Divulgação/Marinha

A visitação ao Parque de Abrolhos, localizado no sul da Bahia, foi suspensa neste domingo (3), um dia após a chegada na região das manchas de óleo que atingem o litoral do Nordeste. De acordo com a determinação, o local deve ficar fechado para turistas e outros visitantes por três dias.

© Nelson ALMEIDA (1º nov) Cadeiras desocupadas na praia de Boa Viagem, Recife

Assustados com a chegada de manchas enormes de petróleo a suas praias paradisíacas, moradores de Pernambuco se organizaram rapidamente para limpar o estado. Mas duas semanas depois, com as praias já sem vestígios de óleo, eles temem que seja tarde demais para salvar a alta temporada do turismo, que se aproxima.

Foto: Leitor M1

A praia de Busca Vida, em Camaçari, amanheceu hoje (3) com manchas de óleo pela areia. Pescadores, moradores, banhistas e donos de barracas retiraram o material da areia, segundo informações do jornal A Tarde.

Foto: Divulgação

Cerca de duas toneladas de óleo foram retiradas das praias de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador no último sábado (2), de acordo com a prefeitura local. Segundo o boletim divulgado, as pelotas foram encontradas em Buraquinho, Vilas do Atlântico e Ipitanga. Foi o maior volume registrado na semana.

No dia em que as manchas de óleo chegaram ao arquipélago de Abrolhos, no litoral sul da Bahia, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, curtiu um dia de praia em São Paulo. Ele foi flagrado pelo colunista Guilherme Amado, da revista Época, na Praia da Baleia, em São Sebastião, litoral paulista, neste sábado (02).

Foto : Igor Santos / Prefeitura de Salvador

Novas manchas de óleo foram identificadas por moradores na noite de ontem (2), no Rio Vermelho, no trecho entre a Paróquia de Sant’ana e o Teatro SESI. Após novos registros de chegadas de manchas de óleo nas praias, na manhã e tarde deste sábado, a Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb), tinha retirado cerca de 4,5 toneladas de óleo, em uma ação com 400 agentes em outras localidades.

Foto: Inema/Divulgação

Sede da empresa proprietária do navio Bouboulina, suspeito de derramar o óleo que atinge as praias do Nordeste, a Grécia é líder global no mercado de navegação comercial, com a maior frota do mundo em termos de capacidade de transporte, mas não nutre boa fama.

Foto : Reprodução/ EPTV/ Globo

Pequenas manchas de petróleo foram encontrados ontem (1º) no município de Alcobaça, no Extremo Sul da Bahia. A cidade é situada em um dos polígonos de proteção do Parque de Abrolhos, mais extensa barreira de corais do Brasil e a maior biodiversidade marinha do Oceano Atlântico Sul.

Foto : Divulgação/ICMBio sul da Bahia

O navio mercante grego Bouboulina, possível responsável pelo vazamento de petróleo que contamina o litoral do Nordeste, está ancorado em um porto da Nigéria, segundo informações da Polícia Federal.

Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

As manchas de óleo chegaram às piscinas naturais de Taipu de Fora, em Maraú, no Baixo Sul, nesta sexta-feira (1º). Segundo o G1, a praia, com piscinas naturais, é a principal atração turística da península do município. A retirada das manchas é feita pela prefeitura e por voluntários. Ainda não há um balanço da quantidade de óleo removido.

Close